Blog Conference Os 6 principais erros de um evento empresarial

post-image

Os 6 principais erros de um evento empresarial

O sucesso de um evento depende sempre de muitos factores, mas existem alguns erros que podemos tentar evitar. Neste artigo, partilhamos consigo 6 erros comuns quando se trata da organização de um evento.

1. Data inadequada

Um dos erros mais comuns, é escolher uma data para o evento que coincida com outro acontecimento que possa impedir as pessoas de assistirem ao seu. Alguns exemplos mais comuns são:

  • Fins-de-semana prolongados - é muito comum que as pessoas escolham alturas do ano para umas miniférias, daí ser importante confirmar se a data em que está a pensar para o seu evento, não coincide com nenhum feriado ou se está entre um feriado e um fim-de-semana;
  • Outros eventos sobre o mesmo tema - consulte a agenda dos seus concorrentes para tentar descobrir se têm já algum evento marcado e para que data. É fundamental não agendar para a mesma altura, evitando assim que as pessoas não venham ao seu por já terem assistido num curto período de tempo a um evento sobre um tema semelhante;
  • Eventos desportivos - já sabemos que em Portugal, existem algumas actividades desportivas que movem massas e que fazem com que as pessoas façam delas a sua prioridade número um em detrimento de qualquer outro acontecimento.

É por isso fundamental verificar se não existe nenhum evento coincidente nesse dia.

2. Locais inadequados

A escolha do local onde se realiza o evento, em alguns casos, tem um papel fundamental para garantir um número elevado de participantes. Alguns aspectos a ter em conta são:

  • Facilidade em estacionar - escolha um local onde quem venha de carro, consiga estacioná-lo facilmente;
  • Transportes públicos - tente escolher um local que esteja próximo de transportes públicos;
  • Local de difícil acesso - se o seu evento começar às 9h por exemplo, e se escolher o centro da cidade, poderá tornar o acesso bastante complicado visto se tratar de uma hora com muito trânsito.

estádio vazio,cadeiras vazias

3. Não pensar em como encantar o público-alvo

Quando anunciamos um evento, estamos a pedir às pessoas para alterarem a sua rotina diária e fazer algo de diferente. Mas para fazermos isso, temos que oferecer em troca uma experiência diferente e única, uma experiência em que as pessoas possam dizer que valeu a pena ausentarem-se das suas obrigações profissionais, para assistirem ao seu evento. Poderá encantar a sua audiência com:

  • Uma recepção calorosa por parte do organizador com quem tenham conversado previamente;
  • Um coffee break bem elaborado;
  • Uma intervenção artística e/ou musical;
  • Um gift que lhes permita recordar mais tarde o seu evento;
  • Um espaço bem climatizado - muitas vezes vemos eventos em que passados alguns minutos, as pessoas já estão a usar o programa como um leque para se refrescarem;
  • Estações de carregamento de baterias de telemóvel;
  • Wi-fi de alta velocidade;
  • Áreas de networking.

4. Não investir tempo e dinheiro em comunicação

Dada a quantidade de eventos que ocorrem hoje em dia, o investimento que se faz em termos de tempo e dinheiro na comunicação de um evento, são fundamentais para se alcançar o sucesso. Organizar um evento e não comunicá-lo, será como lançar uma loja online e não dizer nada a ninguém. Será praticamente impossível alcançar o público tão desejado. É importante que comunique:

  • A programação do evento;
  • Os temas e oradores;
  • Os locais onde, caso não esteja incluído o almoço, as pessoas possam almoçar e com a qual poderá fazer parcerias estratégicas a fim de conseguir um preço por refeição mais barato;
  • Os hotéis, com a qual poderá fazer parcerias, e onde as pessoas que venham de longe poderão ficar alojadas;
  • Locais de entretenimento para quem ficar alojado num hotel e queira sair à noite.

alvo,setas

5. Não se preparar para os imprevistos

Por mais que não queira, eles vão acontecer. Mesmo os eventos planeados ao mais ínfimo detalhe têm por vezes as suas falhas. Mas o mais importante, é estar preparado para eles. Não estamos a falar em fazer um plano de contingência exaustivo de tudo o que pode correr mal, mas ter em conta os pequenos pormenores que podem deitar tudo a perder.

É aqui que o trabalho de equipa e um bom plano estratégico fazem toda a diferença. Muitas vezes o que acontece nestes casos, é que ninguém sabe com quem se deve falar para resolver uma falha, nem tão pouco como resolvê-la, colocando em causa o sucesso do evento. Tenha sempre em atenção situações como:

  • Possível falha do microfone do orador - neste caso é importante ter 1 ou 2 unidades em standby para troca;
  • Troca de apresentações de um orador - poderá neste caso intervir de imediato com algum sentido de humor para o orador não ficar isolado nesse problema e criar um momento de descontração ganhando tempo para se resolver o problema;
  • A impressora das credenciais não funcionar - tal como o caso do microfone, ter uma segunda impressora poderá ser solução;
  • Outras falhas - saber quem faz o quê é fundamental num evento, até para evitar momentos de maior tensão. Uma possível solução poderá passar por fornecer a toda a equipa uma lista das pessoas e respectivos contactos e responsabilidades, no sentido de lhes dar alguma autonomia. Dessa forma, saberão de imediato com quem falar numa determinada situação.

6. Equipas mal informadas ou mal preparadas

A falta de informação é muitas vezes a principal responsável pelo insucesso de um evento. Cada um dos membros da equipa tem de saber exactamente qual é o seu papel em toda a organização do evento. O tempo de reacção perante um determinado problema, pode ser a chave do sucesso ou insucesso.

Vamos supor que o microfone do orador deixa de funcionar. Se ninguém ficar responsável por isso, o mais certo é toda a equipa ficar a olhar uns para os outros sem saber muito bem o que fazer, enquanto isso, o orador fica numa situação extremamente desconfortável e o público insatisfeito. Na fase de organização do seu evento, tente sempre:

  • Definir muito bem o papel de cada membro da sua equipa;
  • Esclareça todas as dúvidas que ela possa ter;
  • Tente encontrar alternativas para cada situação inesperada;
  • Garanta que eles estejam preparados para lidar com participantes mais complicados;
  • Ajude-os a perceber da importância que eles vão ter no sucesso do seu evento.

Estes são alguns dos aspectos a ter em conta quando falamos dos principais erros de um evento. Nenhum deles deve ser ignorado para não se correr o risco de ser mal sucedido.

Aqui fica a sugestão de ler também:

A importância dos eventos empresariais - Entrevista com Myrna Lopes

5 dicas para melhorar a comunicação com a audiência dos seus eventos

Etiquetas

Evento

Categoria

Conference

Partilhar Artigo

blog-single-author-image

Escrito por Patrick Sardinha

Formado na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, tem como grande paixão desenvolver soluções online que facilitem a vida das pessoas no seu dia-a-dia. Quando não está a pensar no seu próximo projecto, dedica o seu tempo à família, a ver programas relacionados com automóveis e desporto, e ao BTT.

WhatsApp